Os Tres Mosqueteiros_BolsoAntes de qualquer coisa vale ressaltar que eu ainda não terminei o livro. Estou no capítulo 44. A história de "Os Três Mosqueteiros" não é segredo para ninguém, mas não faço a mínima ideia do que acontece no final, apesar de já ter visto o filme. Eu li a versão infanto-juvenil na época da escola, por isso me interessei em reler, quando tive a oportunidade de troca-lo no Skoob. Eu devia ter me preparado melhor para as 788 páginas.

Alexandre Dumas escreve e descreve detalhadamente cada momento vivido pelos quatro companheiros, o que, na minha opinião, vai de super legal à super desnecessário. Sim, eu sou fã de livros mais objetivos (lê-se tio John), mas eu recomendo "Os Três Mosqueteiros", porque por mais que eu esteja com o que pode ser chamado de ressaca literária, eu estou adorando o livro! Contraditório, mas eu precisava sair de Paris um pouco. O único motivo para eu ter largado o livro, foi que eu estava sobrecarregada da história dele. Estou tentando terminar aos poucos, já que tentar devorar tudo de uma vez não deu muito certo.

Comecei "Percy Jackson e os Olimpianos" (série que já queria ler à algum tempo) para intercalar com "Os Três Mosqueteiros", e deu certo, estou no quarto livro! Apesar da ressaca e tudo mais, quero muito saber o que vai acontecer com d'Artagnan, então não será um dos livros abandonados no meio do caminho. Só é complicado. Meu erro foi tentar sair de um livro de 400 páginas e ir direto para um que tem o dobro! Empolgação uma hora cede. Minha meta é conseguir terminá-lo agora em abril, e quando finalmente conseguir, atualizo o post, dizendo o que achei do final!
Um por todos e todos por sair dessa ressaca!




Deixe um comentário