MV5BMTQyNTgyNTQ3N15BMl5BanBnXkFtZTcwMzgyMDYyMQ@@._V1__SX1303_SY591_
Um filme perfeito. 
Uma comédia que não deixa de ser emocionante. Uma sátira à Hitler e sua ditadura. A história conta basicamente o que já sabemos sobre a Alemanha Nazista, Adenoid Hynkel (Hitler) quer expandir sua pátria ariana destruindo todos os judeus. Só que Chaplin dá toda a graça ao filme. 
O que eu mais gostei, foi que apesar de ser um filme sobre a II Guerra Mundial, não é sangrento: você não vê as mortes, não vê as torturas, não vê os campos de concentração. Tudo isso é citado o tempo todo, o que gera todo o sentimentalismo em torno dos acontecimentos, mas fica tudo na sua cabeça, o filme não esfrega nada na sua cara. 
O mais interessante sobre projetos sobre a II Gerra Mundial, é que não importa quão o diretor, produtor, roteirista ou etc mude os fatos, esconda a realidade, lá no fundo você sabe que aconteceu. Pelo menos eu, entusiasta de leituras sobre aquela época, não consigo me desvincular dos fatos reais. Quando imagino um cenário Nazista, imagino o que foi descrito pelos próprios judeus que lá estavam (e isso é assunto para outro post). 
O filme tem duas horas e cinco minutos de duração, mas você nem percebe. Você ri praticamente o filme todo. Para quem gosta de comédia, ou de história, ou da II Guerra Mundial, fica a dica.

Deixe um comentário