marley1
Fiquei pensando em mil maneiras de falar sobre Marley & Eu, mas não encontrei.

Acho que todos conhecem a história, então não vou me prolongar. Foi uma experiência de leitura ótima e fiquei com vontade de ter um cachorro. A leitura é leve, apesar de rolarem algumas lágrimas no final. Eu não me apeguei tanto assim a história, acredito que foi porque eu nunca tive um cachorro. Em vários momentos eu idealizei meu gato, ou todos os gatos que já tive na vida, isso trouxe um sentimentalismo para a leitura, mas acho impossível não se apegar ao Marley. A menos que você odeie todos os animais do mundo.

Essa é uma leitura que eu recomendo para aquela tarde chuvosa, em casa. Chuva me deixa feliz, apesar de seu to melancólico. Combina perfeitamente com o tipo de livro que é Marley & Eu. O filme já não sei dizer, tenho que rever e assim que o fizer, venho fazer mais um daqueles posts comparativos (que são meus preferidos!).

Como eu disse, não vou me prolongar, até porque eu não tenho nada a acrescentar e eu estaria apenas deixando o texto maçante. A mensagem que fica é essa: vá ler o livro!



Deixe um comentário