como-ter-uma-vida-normal-sendo-louca
Alguns classificam como auto-ajuda, eu discordo, esse livro é comédia pura.

Como Ter Uma Vida Normal Sendo Louca não conta nenhuma história, é um livro de dicas para lidar com as diversidades e situações do universo feminino. "Mas você não disse que não era um livro de auto-ajuda?!"A seguir, o primeiro parágrafo do livro.

Você pode ser cleptomaníaca, fedida, tocar músicas intermináveis na gaita ou ser cantora de musical chato. Pode gostar de cupcake, ser blogueira de moda e falar sobre o look do dia, ser chefe de seita satânica ou até ter 28 anos e agir como se tivesse 12, e ainda assim pode ser respeitada pela sociedade. Mas o que você não pode é ser solteira. Quando você está solteira, é aí que você aprende o que é sofrer preconceitos diariamente nessa vida. 

Entende quando eu digo que não é auto-ajuda? Não sinta medo de se jogar nesse livro porque a única coisa em que ele vai te ajudar é a levantar seu humor. Além das autoras darem algumas indiretas e criticarem algumas coisinhas. Acho que mulheres a partir dos 25 vão aproveitar melhor o livro e entender algumas referências ou simplesmente se identificar. Teve momentos em que me senti assistindo um filme de comédia romântica, sem o romance.

Cada capítulo é um ensinamento e cada ensinamento vem com uma ilustração feita pela própria Jana. A lista de desculpas no final do livro é uma tirada a parte, apenas genial! E se você quiser, dá sim para tirar alguma coisa que não risadas do livro, como ser honesto e ajudar quem precisa. Não esqueça de ler nas entrelinhas e divirta-se!



2 Comentários

  1. Eu amo a Jana Rosa e gostaria de ser sua melhor amiga, ainda não li esse livro, mas quero muito.

    ResponderExcluir
  2. A Jana é genial, esse livro só provou isso!

    ResponderExcluir