"A empresa-que-presta-serviço-terceirizado-de-teleatendimento-para-outras-empresas não tem senso? As pessoas não são todas iguais!" TAN TAN TAN TAAN. Parabéns, você acaba de descobrir o plano maligno por trás das camisetas brancas de golas azuis. Pra quem está no telemarketing há dois anos, pode ser justificativa para estar surtando, mas sério cara, o que eu mais vejo naqueles corredores são cópias! Clones quase idênticos, sem voz, sem personalidade. Todos marchando na mesma direção sem saber porque ou o porquê. Se é que tem. O cansaço mental se torna uma lavagem cerebral.

Eu chego em casa com a mente tão cansada que resolvi escrever sobre isso. Pra quem trabalha com ideias, isso é um tiro certo para ter um bloqueio criativo. Quantas vezes durante o dia tenho "ideias geniais", deixo para escrever depois e quando chego em casa tenho a ideia, mas perco o desenvolvimento? Tipo essa ideia. Eu estava conversando com um amigo um dia desses e eu esqueci o que era um cartão de memória! Todas as palavras que uso no dia-a-dia do trabalho vem a minha mente quase 24 horas por dia, as vezes até em sonho, mas não consegui me lembrar do cartão de memória de uma câmera.

Tive a ideia desse texto meses atrás. Telemarketing vs. Mentes criativas. E também tive a ideia desse texto sobre manipulação. Não sabia que as duas coisas iam acabar se ligando. Adivinhe onde estou escrevendo a maior parte do texto: isso mesmo, no meu intervalo. Pois é. Se você aguentou mais de dois anos nesse ramo, parabéns, você venceu na vida. A grande verdade é que, a menos que você queira subir na empresa, que esse seja o sonho da sua vida, seja lá como supervisor, coordenador ou gerente ou sei lá mais o que, você vai sair rapidinho, por isso é uma profissão tão rotativa.

O telemarketing na minha vida sempre foi passageiro, eu sabia que ia sair, só não sabia quando, estou a quase dois anos e vejo que pra mim, já deu. Cresci muito nesse tempo, mas deu. Aí entra a parte de ser feliz. Sempre falei que o que quero pra minha vida é ser feliz e descobri - quero agradecer a minha mãe por fazer a pergunta chave em 2010, valeu Mãe! - que o quero fazer da minha vida é escrever até mandar parar e continuar mesmo assim, e o telemarketing está atrapalhando.

Se você é um atendente de telemarketing, tô contigo amigo, e se posso te dar um conselho, se você não quer trabalhar na área de gestão, administração, RH, segurança do trabalho, limpeza e afins: vá ser feliz. Não estou dizendo para largar o emprego, nem eu saí ainda, estou dizendo para seguir os seus sonhos, sejam lá quais. Planeje-se e tire o máximo do seu emprego atual para correr atrás do seu futuro. Agora se você é aquela pessoa que xinga os atendentes, desejo tudo em dobro pra você!

2 Comentários

  1. Começo hoje em outro emprego, mesma área. Já fiquei com medo aqui. Tu lembra o quanto eu comentava sobre bloqueio criativo no trabalho, com vocês, mas acho que isso depende muito de qual tipo de telemarketing. O nosso (banco), por exemplo, é um dos mais tensos que existe, mas se for um mais tranquilo (tipo o que eu vou começar hoje), acho que nem influencia tanto. Não sei, não trabalhei nem um ano com telemarketing, mas espero que realmente seja assim! Oremos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que é porque eu tô com quase dois anos já :/ Já deu de falar alô.

      Excluir