OMG! Eu odeio ser uma garota
Por que não eu? Eu digo porque. Te dou algumas opções. Ele é "popular", você é uma nerd. Ele é mais velho que você, você aparenta ter 13. Ele é "desejado" por metade do colegial, você é uma vara seca tímida que não sabe mostrar sua feminilidade. Já deu de exemplos? Ok. Um cara como esse nunca olharia pra você. Você acha que alguém que você "gosta" bateria na tua porta pedindo açúcar? Não. Isso é coisa de filme. Depois que ele já está no terceiro colegial, é o último ano - pelo menos o dele é - e não faz diferença alguma. Você tem mais um ano inteiro pela frente e ele - provavelmente - vai para a faculdade. Se eu pudesse voltar no tempo e refazer, eu faria tudo diferente, mas como essa máquina não existe, vou continuar dizendo "Uau!" E seguir em frente. Essa é a vida querendo ou não. Até agora o colegial é horrível!

Como eu era cruel! Não digo com os outros, mas comigo mesma. Por que adolescentes são tão... Cruéis? Ora, claro que ele poderia sim olhar pra mim! Claro que ele poderia sim olhar e inclusive se interessar por mim! Ele e qualquer outra pessoa! Vara seca tímida que não demonstra sua feminilidade? Guria te mete antes que eu te dê uns tapas! Ok, não serei cruel como você foi. Você estava no auge dos seus 16 anos, vou dar um desconto. Mas não seja tão má! Você sempre foi uma ótima pessoa com todo mundo, mas só agora eu percebo que você foi horrível consigo mesma só por não se enquadrar. Se eu pudesse voltar no tempo eu te daria o abraço mais forte da sua vida e te daria um único conselho: ame-se! Ele não olha pra você porque você não olha pra você! Você vai aprender que depois que a gente começa a se amar, os amores aparecem naturalmente. Parece clichê - e é - mas é a realidade. Não espere alguém te amar sem amar a si mesmo antes. Ame-se e ame sua vida que o resto vem de brinde na caixinha. Agora deixa de ser tão dura contigo e vai viver mocinha. E não odeie ser uma garota.


Certo. Depois desse desabafo/carta, algumas coisas precisam ser colocadas na mesa. Existem algumas verdades a serem ditas. E sim, isso aqui é mais um desabafo. Até quando as meninas vão ficar ouvindo que elas precisam ser assim ou assado para serem felizes? Que elas precisam do corpo, da maquiagem, do homem? Vou ser redundante na internet e repetir o que você provavelmente já leu centenas de vezes por aí: pare. Apenas pare. Pare agora! Pare de ditar o que é melhor ou pior na vida de uma pessoa. Pare de querer mandar nas escolhas das outras pessoas. Pare de querer ser superior. Apenas pare! Ninguém merece passar a vida vendo/lendo que seu cabelo é errado, seu corpo é errado, que você é toda errada. Não existe certo ou errado! A beleza é subjetiva. Pare de olhar para as pessoas a sua volta com o dedo do julgamento. É por causa de pessoas assim que os adolescentes - e principalmente as meninas, se odeiam! Uma leitora comentou nesse post que "se ninguém falasse nada a gente nem ia se preocupar". Que tal nós sermos essas pessoas? Aquelas que não estão nem aí para a vida alheia. Pratico desse exercício e posso dizer que ele é dos bons. E é uma via de mão dupla. Uma vez li por aí que a gente precisa ligar o foda-se. Você não julga. Você não se importa. Todos vivemos pacificamente em sociedade.

As Aventuras de Alice no País das Maravilhas

Se aos 16 eu odiava ser uma garota, meus 21 anos estão sendo encaminhados e nunca me senti tão feliz por ser mulher. Ser mulher é maravilhoso! Eu me coloquei tão abaixo dos outros na adolescência que hoje eu poderia ter vergonha, mas não tenho. Eu, você, nós não temos culpa se passamos por uma lavagem cerebral quando jovens, o mais importante é sair dessa bolha em algum momento da sua vida. Antes tarde do que mais tarde, não é mesmo? Tudo o que somos nessa vida são rótulos, acho isso totalmente desnecessário, mas fazer o que? Sou mulher e sou feliz assim. E de novo, não odeie ser uma garota. 

Tumblr

Uma palavrinha sobre não se meter na vida dos outros:

Deixe um comentário