Sábado à noite, hora da janta, minha mãe me aparece com um pastel de jiló - sim, você leu certo: pastel de jiló. Não tenho nada contra o jiló, na verdade até gosto bastante dele, principalmente cru, mas aí ela resolveu enfiar o jiló no pastel - outra coisa que gosto muito. E deu no que deu. Sempre achei que pastel independente do sabor é uma coisa maravilhosa, tipo pizza, não dá para uma pizza ser ruim, mas eu estava errada. Mesmo amando jiló e pastel, colocar os dois juntos foi um erro - não fosse o gosto do jiló, o pastel seria perfeito. Mas fica a receita para quem quiser se a aventurar nesse mundo dos pastéis exóticos, pega o bloquinho:

Ingredientes:
Massa pronta para pastel 
Jiló
Carne de sol
Queijo
Apresuntado
Azeitona
Milho

Modo de preparo:
Pegue todos os ingredientes - exceto a massa do pastel, Mr. Obvious - e bata no multiprocessador, ou rale, resumindo: faça uma salada; coloque essa salada na massa pronta para pastel e feche a trouxinha à seu gosto. Frite e já pode comer.


Se tentar, me conta aqui nos comentários ;)

Deixe um comentário