A quarta-feira está de volta e já seguimos com a quarta (!) postagem temática por aqui. Estamos à todo vapor. Hoje eu vou falar um pouco sobre enquadramento, composição e a regra dos terços :) A fotografia é uma arte visual, e quem está olhando tem a sensibilidade de não entender a técnica, mas de pelo menos saber se aquela foto está, por exemplo, poluída visualmente. Quando falamos sobre composição, estamos falando do visual da fotografia. Na definição de composição temos  que ela é o "modo pelo qual os elementos constituintes do todo se dispõem e integram", como exemplo, as fotos abaixo, que compartilham do mesmo tema mas estão dispostas de formas diferentes, e no enquadramento temos focos diferentes.



Enquanto na primeira foto o foco está na caneca, dizendo a que casa pertence aquele Potterhead, a segunda nos diz que o livro favorito do leitor talvez seja "Harry Potter e o Cálice de Fogo". O enquadramento nada mais é do que os limites da imagem, o que tem dentro daquele retângulo. O que nos leva a regrinha de hoje: a regra dos terços. Primeiro, imagine um jogo da velha em cima da foto, assim ela fica dividida em nove partes iguais, cada intercessão gera um ponto, formando quatro pontos no centro da foto, o que nos leva a aproveitas os cantos ao invés de sempre centralizar o assunto. Aqui tem melhor explicado, e bem mais detalhado. Abaixo eu tenho três exemplos, para direita, esquerda e centro. 




A regra dos terços vale para qualquer tipo de fotografia que você queira compor e uma forma de treinar é se imaginar com uma câmera, mesmo que você não tenha nada em mãos, e ficar enquadrando a vida afora. Eu faço isso inconscientemente e na hora de clicar já sei o que eu quero. Seu olho fica mais ágil e acostumado com as ações. Para um retrato, por exemplo, você vai querer que os olhos fiquem mais acima, já para uma pessoa + paisagem, talvez você queira enquadrar o fotografado para um dos cantos e criar uma foto diferente, se aproveitando do fundo, e assim por diante. 





Como dá para perceber, eu tenho uma tendência à meios levemente inclinados para os cantos (risos). Espero que tenha ajudado de alguma forma ^^

4 Comentários

  1. Adorei o post! ♥

    Sou super curiosa com fotografia, mesmo sendo completamente noob no assunto. Já havia lido alguma coisa sobre a regra dos terços e tento, na medida do possível, aplicar nas minhas fotos. Claro que eu vou testando e treinando pra ver como me saio, mas é só uma diversão despretensiosa, haha.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mais legal da regra dos terços é brincar com ela depois que você descobre o que é :D

      Excluir
  2. Olá, Ludmila, tudo bem??
    Nosssssa, que post incrível. Confesso que sou um zero a esquerda com fotografia, mas tenho tanta vontade de virar gente, sabe? Minha prima tem uma câmera e toda vez ela me ensina sobre velocidade, abertura e iso, mas nunca decoro, é triste. Meio que sou sensitiva com fotos, vou tirando na doida, se der certo, ótimo hahah. Então encontrar essa dica dos terços, já havia ouvido falar antes, mas não me lembrava mais, foi muito massa porque posso tirar fotos mais consciente né e brincar com isso. Vou testar nas minhas próximas fotos!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu comentário se perdeu no triângulo das bermudas dos comentários, peço perdão por isso.
      O melhor jeito de aprender, é treinando sempre, com o tempo mexer naqueles botões se torna natural e quase automático ^^ Obrigada pela visita <3

      Excluir