Antes de antes de mais nada, FELIZ ANO NOVO!!!!!!!!!!!!!!!

Antes de mais nada, isso não é uma lista de metas para 2016, prefiro chamar de "guia para coisas que preciso (criar vergonha na cara e) fazer", logo, lista de não-metas. 


Sim, isso é o Evernote. Percebe-se que já comecei falhando, considerando que são duas-e-dezenove da manhã do dia primeiro de janeiro. Mas quem se importa, né? Eu estou com sono sim, mas meus vizinhos adoram uma festa... Falando em festa, eu deveria estar em uma, mas fiquei 0% afim da noite pro dia e desisti de sair de casa e estrear a blusinha nova que eu comprei. Falando em blusinha nova, aconteceu a mesma coisa no Natal, só que no Natal eu usei a outra blusa. E falando em blusinha nova de novo, a atualização de software foi pra valer e esse "dar uma sacudida no meu guarda-roupa" vem dando passinhos de formiga tem um tempo. 


Então foi Natal... Ano Novo também, todo mundo falando de mudança e novas esperanças, e não nego que amo esse clima de virada apesar de ter passado meio meh, e não sei onde esse texto vai me levar, talvez uma retrospectiva final do que foi 2015 na minha vida. Provavelmente. Senti falta das minhas fotos aleatórias no Instagram. Ano passado fiquei tão focada em projetos fotográficos que esqueci de fazem do Instagram o álbum de memórias que tanto falei no final de 2014, e 2014 parece tão distante agora, e não tenho muito pra mostrar como foi nessa mesma data, há um ano. As maiorias das fotos no meu #2015bestnine tem a ver com o #CartoonsInMyCity e as outras três foram tiradas para o #desafioprimeira ¯\_(ツ)_/¯ (e eu não lembrava que tinha comprado meu All Star esse ano), só sei que girassóis sabem roubar a cena, quando fico com muito sono na estrada árvores se transformam em monstros, fiquei obcecada por horizontes e coisas desfocadas, e me diverti horrores com as melhores pessoas.


Edna julgando a minha capa, princesa Jujuba nas minhas jujubas, Finn e Jake dando um rolê por Uberlândia, photobomb da Lady Íris, Alice tomando chá nos meus livros e Merida sendo um Weasley por um dia. 2015, o ano em que fiquei viciada em projetos fotográficos. Falei na retrospectiva de 2014 que aquele foi um ano de começos e acho que 2015 foi um ano de continuações. Ainda não consigo definir esse ano em algumas palavras. Essa já é a terceira (e espero que última) vez que escrevo sobre 2015 e ainda não entendi esse ano. Muita coisa dentro de mim mudou em pouquíssimo tempo e pela primeira vez surtei pela minha idade. Dois-mil-e-dezesseis é o ano em que eu completo vinte-e-dois anos. 22. Estou mais assustada pelos 22 anos do que pelo ano novo. E não sei dizer bem o motivo. Apesar de tudo, só tenho a agradecer a 2015 e espero fazer de 2016 melhor e mais vivo que o ano que se foi. Quem me acompanha nessa?


4 Comentários

  1. Heey! Hahahaha estou me identificando com alguns dos itens, como o primeiro, pois pra mim é praticamente impossível dormir cedo, apesar de necessário. E é claro, a alimentação saudável, porque não tá sendo fácil comer tanta porcaria como ultimamente hahahaha
    E adorei as fotos, principalmente as do #CartoonsInMyCity! E to vendo um monte de gente nesse Desafio Primeira, mas nem faço ideia do que seja (a pessoa também nem foi pesquisar).
    Eu também completo 22 anos em 2016, e estou me sentindo velha. :/
    Mas vamos nessa! o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eeei! 22 parece um número muito grande :| Procura pelo blog Primeira à Esquerda, o desafio é de lá ^^ Obrigada! e que venha 2016 :D

      Excluir
  2. Compartilho vários itens da sua listinha do evernote, começando pelos óculos novos. Já tem um tempo que o meu não me serve mais e fico forçando a vista, 100% cegueta, HAHAHAHA. Mas enfim, um 2016 maravilhoso pra gente :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Da última vez, meu grau diminuiu, bem que poderia acontecer de novo, hahaha!

      Excluir