Chegou a hora de escrever pra você. 


Eu enrolei mais do que quero admitir, mas fato é que não escrevo por poder te dizer tudo o que eu quero pessoalmente. Seria só mais um texto. Mas escrevo hoje pra dizer que fiquei feliz em te conhecer e se pudesse te conheceria mais um milhão de vezes. Escrevo hoje por não poder guardar só pra mim esse sentimento, afinal as coisas boas foram feitas para serem compartilhadas. Escrevo hoje pensando em ontem e só de pensar em ontem já volto a ficar sem fôlego. Vivemos dez dias que soam mais como dez semanas, meses, ou anos.

Me pede pra ficar de novo e insisti pra que eu não possa negar. Me segura firme como você sempre faz. Dessa vez não me deixa partir. Me olha nos olhos, mas não tão de perto, você sabe que não consigo focar, e sorri, e deixa seu sorriso falar.


Sempre me achei boba por escrever, mas hoje escrevo pra você porque eu sei que você vai ler.

Sabe aquele carinho de dedo? Sabe quando você segura a minha mão? Me provoca pra me fazer sorrir? Faz cara de cachorrinho? Fala que meu gato é do mal? Me pediu pra ir pro lado negro da força? Sabe quando você conta suas histórias? Sabe quando você fala de crianças e seus olhos brilham de encantamento? Quando você fica bravo com o São Paulo ou irritado jogando FIFA? Quando você fica sem graça por eu estar prestando atenção em você? Sabe quando você virou minha pulseira, elogiou meu perfume e fez "cosquinha" no meu joelho? Sabe aquele dia? E aquele outro também? São por todos esses detalhes que eu gosto de você. Que eu gosto de estar com você. E por que eu quero estar com você. Você se diz o todo errado, mas são nos erros que você acerta, e de algum modo, você me acertou. No bom sentido.


Eu ilustrei esse texto com imagens de (500) dias com ela de propósito. É um dos seus filmes favoritos, mesmo que não seja uma história de amor e sim uma história sobre ele. E eu gosto da Zooey Deschanel. Na minha opinião, é os dois. Querendo ou não esse texto está cheio de referências que só a gente vai entender, e isso é ótimo, pois por enquanto essa história é só nossa e de mais ninguém.

Eu te äcelum disperilo siuoso.

Deixe um comentário