Agente Carter: mais que a namorada do Capitão América.

Extremamente inteligente, bonita e feminina, a agente foge da mesmice das personagens femininas que nunca são aprofundadas. Ou temos uma mulher delicada porém "fraca", a clássica mocinha que precisa ser salva, no outro extremo uma personagem masculinizada. Peggy é uma personagem profunda com sua própria história, e ela não precisa ser masculinizada para ser forte fisicamente, ela é forte como mulher, ao mesmo tempo feminina ao modo de se vestir, delicada, e também cheia de questões como todas nós. Enfrenta o preconceito de ser mulher no meio de um trabalho tipicamente masculino e só ganha "mérito" devido à seu "caso" com o Capitão.
Confesso que eu mesma comecei a assistir devido ao Capitão, mas a série é muito maior. Aqui conhecemos nossa querida agente, com sua própria missão e sua vida pós-guerra, sendo vista por seus colegas de trabalho como uma mera secretária, sendo que sua vontade é voltar à campo, e ser uma das melhores entre eles. 

Até então assisti até o episódio cinco, e não demorou nada para que a série me conquistasse. A última série que me pegou tão rápido assim foi How I Met Your Mother, e mesmo sabendo do cancelamento, com certeza irei assistir até o fim.

2 Comentários

  1. Também quero assistir.
    Fico triste de não ter ido pra frente.
    Eu adorei esse post.

    Beijinhos
    Menina Caprichosa

    ResponderExcluir