Eu sou uma pessoa que gosta de fazer aniversário. Não pela festa ou qualquer coisa do tipo, simplesmente sempre gostei. Confesso que conforme os anos vão passando, as crises vão aumentando, mas quando julho chega é sempre igual -- é o meu mês e ninguém pode dizer o contrário. Basta arrancar a folha do calendário e dar com o dia primeiro do sete que já fico extremamente animada para os próximos 25 dias pois se em junho eu entro no casulo, em julho o casulo começa a se abrir e logo terei novamente asas para voar. É o ciclo da vida. 

Mas esse ano, não é só mais um ano. 2016 é o ano em que completarei 22 anos. E estou estranhamente animada. Meu único plano esse ano é jogar as pernas pro alto e cantar 22 como  o grande clichê que eu sou, mas mesmo assim, a animação para o dia 26 de julho só cresce a ponto de rabiscar no calendário e contar os dias como a criança que não deixei de ser.

Eis todas as coisas maravilhosas que eu fiz, aprendi ou me aconteceram de julho do ano passado até hoje:

Fiz 21 anos, viajei (em família), depois de dar mil voltas decidi não fazer faculdade ainda e focar na fotografia, GANHEI O MAGIA DO CINEMA DE ANIVERSÁRIO \o/, quando as coisas estão predestinadas a dar errado, elas vão dar errado e é quase impossível mijar de vestido, meia-calça e salto alto, MEU PRIMEIRO ENSAIO \o/, cinco anos de DL1, fui assistir Pixels pra comemorar meu aniversário, perdi a hora porque fiquei até mais tarde no trabalho, acabei assistindo Sobrenatural SENDO QUE ODEIO FILMES DE TERROR, comecei a falar de fotografia, mudei o layout do blog (de novo, esfregue na minha cara), a vida me levando a procurar uma dança (ouço meu subconsciente gritando ballet lá no fundo) pra sair desse sedentarismo, ou talvez alguma arte marcial - a arte de querer chutar certos engraçadinhos, porém ficou no campo das ideias, viajei sozinha (uma hora e pouco de viagem, é uma viagem, bjs) (mesmo sendo a trabalho), MEU PRIMEIRO EVENTO \o/, o primeiro freela a gente nunca esquece, How I Met Your Mother entrou na minha vida, assim como a Netflix, li um livro inteiro em inglês (The Little Prince), comprei fronteiras do universo <3<3<3<3, descobri que eu gosto de maquiagem, comecei a me arriscar, comecei a ver as coisas de uma nova perspectiva, voltei a estudar magia, o pilates aconteceu por um dia, completei minha coleção de Sailor Moon, terminei How I Met Your Mother <3, comprei um Kindle, comprei um flash externo, abri minha page no Facebook, ganhei Dezesseis Luas no amigo secreto da empresa, entrei na bad, saí da bad, comprei um iPod e me arrependi, me apaixonei por Legião Urbana, troquei de óculos, cortei o cabelo, entrei de férias, entrei no Tinder, pintei o cabelo de vermelho, agora sou da Corvinal, experimentei cerveja, criei meu site, tive um encontro, voltei de férias, tive outro encontro, nesse meio tempo me apaixonei de verdade pela primeira vez, ficamos ilhados, agora tenho um namorado, várias coisas no mesmo dia que parecem ser em dias diferentes na minha mente, ganhei uma plaquinha, bem-vinda a família, Romeu, um mês de namoro, mudei de cargo - nada mudou, dois meses de namoro, inventei um portfólio físico, voltei pro Flickr, pintei minha franja de azul verde (era pra ser azul), fiz uma luminária, voltei a fotografar, voltei pra bad e saí dela no mesmo dia, mais um ensaio, por fim junho chegou, entrei no casulo, ganhei um tênis (tão lindo tudo em torno do presente que merece menção), chegamos a três meses de namoro, desapeguei de alguns livros e várias roupas, comprei uma mesa e recebi uma das propostas mais maravilhosas da minha vida até hoje, e claro que a resposta foi sim!

Muita coisa ainda vai acontecer até que a resposta para "quantos anos você tem?" seja oficialmente "22", mas até lá sou muito grata a esse último ano, acho que nunca fiz e vivi tanta coisa coisa como nesses vinte e poucos. Novamente, muito mais para viver e aprender.

Alguém disse bolo?

4 Comentários

  1. Ah, eu acho super legal essa empolgação com o aniversário; eu deixei de ficar empolgada quando parei de ganhar presentes HAHAHAHA Mas ainda assim, o aniversário é uma data muito especial mesmo, afinal é aquele dia só nosso, né?

    Eu me identifiquei com algumas coisas da sua retrospectiva, como How I Met Your Mother (♥), o primeiro freela, a mesma idade, a bad, as mudanças no cabelo... E wow, muita coisa aconteceu mesmo!

    Bom, que julho traga mais situações maravilhosas! <3

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até ano passado meus pais continuaram me dando presentes, veremos esse ano hahaha. Falando como boa leonina, faço de julho um mês bem narcisista :3 Já que você assiste HIMYM vai pegar a referência: eu sou MUITO Lily em relação à mudanças (sendo sincera eu sou totalmente Lily na vida), falou de mudança eu mudo o cabelo, nem que seja um pouquinho. Eu fiquei impressionada com esse resumo do meu ano, acho que nunca vivi tanto e conquistei tantas coisas, sei lá, eu consigo parar, olhar em volta e falar que não queria estar em nenhum outro período da minha vida que não esse. Estou amando esse momento e que venham mais momentos maravilhosos pela frente, ao meu ver, nem o céu é o limite. <3

      Excluir
  2. Adorei esse post, tão pessoal e ao mesmo tempo divertido.
    Sou da Grifinória ♥
    Beijinhos
    www.meninacaprichosa.com

    ResponderExcluir