Eu sou emotiva. Muito. Mais do que gostaria. 

Qualquer estresse a mais, qualquer pressão em cima de mim é motivo de desespero - e eu simplesmente não sei lidar. Tanto com coisa boa e principalmente com coisa ruim. Me dá um peso no peito, vai me dando uma falta de ar, fadiga, vontade de me esconder do mundo, de fugir para um lugar sem tumulto, me esconder debaixo das cobertas, qualquer coisa! E as lágrimas simplesmente vêm. E quando elas começam não consigo parar, me sinto uma torneira estourada que fica jorrando água. E eu odeio chorar. Tanto pelo rosto inchado quanto pelo nariz escorrendo, e também pelas dores mentais que acompanham um choro, dói fundo, lá dentro. E odeio ainda mais chorar em público quando as pessoas cismam de perguntar o que houve, não é culpa delas, mas aí me desabo mais ainda a chorar e ferrou, não vou parar tão cedo. 

Às vezes eu choro por um motivo X que acho bocó e depois continuo chorando de raiva por ter chorado por uma coisa bocó.

E existem as coisas que fazem essas crises passarem - pois tudo é no plural. Um sorriso querido, um abraço apertado, um beijo na testa, chocolate, o por do sol, boas notícias. Um dia pode ir de inverno a primavera em segundos, é só a gente deixar.



6 Comentários

  1. Eu já fui mais durona, mas hoje choro por qualquer coisa, se tem emoção, boa ou ruim, meus olhos já enchem de lágrimas! E choro de raiva, mas isso eu já descobri que é porque eu não sei lidar com frustrações e eu acabo em lágrimas de ódio, haha!

    ResponderExcluir
  2. Tá pra nascer alguém mais chorona que eu, sério! Eu sei BEM como é isso e antes eu até achava um saco, mas hoje eu gosto muito de ser assim - por mais estranho que pareça. Meu namorado sempre sabe quando eu vou chorar e tenta me acalmar, talvez ele seja minha primavera.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo bem esse sentimento de primavera, o meu também faz tudo pra me ver bem <3

      Excluir
  3. Além de não saber lidar com emoções eu ainda tenho ansiedade, aí já viu!

    ResponderExcluir