Janeiro começou com ar de dúvida, e eu sabia que algumas mudanças estavam por vir. Em janeiro eu estive em uma constante sensação de ansiedade. Sabe aquela música Dança da Manivela do Axé Bahia (que achei que era do É o Tchan!), "tá quente, tá frio", é a melhor analogia que consigo fazer no momento para dizer que estava me sentindo como "algo vai acontecer, não vai"... porque na verdade, aconteceram coisas. Não coisas que tiveram começo, meio e fim, mas começaram coisas. E a minha agitação tem muito a ver com a leitura de "O ano em que disse sim" da Shonda (cuja qual nunca vi suas séries, só o começo de How To Get Away With Murder), e eu comecei a dizer sim. Esse não é um livro de auto ajuda nem nada, é mais uma conversa entre amigas onde Shonda te diz "você nunca diz sim para nada" e a partir daí parece que sua mente tem um clique e vou guardar mais comentários para a resenha. Enfim, janeiro.

O que eu estou lendo
"O ano em que disse sim", Shonda Rhimes - Leitura do meio para fim, que inspirou completamente meu janeiro, "O Nome da Rosa", Umberto Eco - Leitura do começo para o meio que pausei simplesmente pelas passagens e latim e a edição que é terrível (não comprem a edição de bolso desse livro) e "As Crônicas de Nárnia: A viagem do Peregrino da Alvorada", C.S. Lewis - Volume cinco de As Crônicas de Nárnia que deixei no comecinho para ler o livro da Shonda.

O que eu li
Terceiro livro de As Crônicas de Nárnia "O Cavalo e seu Menino"

O que estou assistindo
Dragon Ball GT - S01E07
Flash - S01E05
Once Upon a Time - S01E03
Supergirl - S02E01

Esse mês sai para fotografar mais uma vez, e tenho alguns projetos em andamento, e não posso negar que estou com medo, mas continuo seguindo adiante com a cabeça erguida e fazendo a Pose do Poder, me sinto cada vez menos mais do mesmo e cada vez mais, eu mesma.

Deixe um comentário