Não tem a ver com Newton nem nenhum físico maluco que levou maçã-dada na cabeça. 

O quadro da macieira. 

Tenho um irmão que está no sexto ano, e ele tem esse quadro de macieira que ele fez na escola, toda vez que olho pra esse quadro, sinto esperança. 

No futuro não quero que seja meu irmão pintando uma macieira, quero que sejam meus alunos. 

Então eu pedi que ele me desse o quadro, sem dizer o por que. 

É esse o motivo. 

Quero ser uma macieira e quero distribuir maçãs para cada um que cruze meu pomar. 



Deixe um comentário