Não digo isso simplesmente por ser uma das coisas que mais amo fazer, ser fotografado por alguém, seja profissional ou um amigo que se dispõe a aprender um pouco da câmera, acaba ajudando a levantar uma autoestima que não estava das melhores há algum tempo, você sorri, se diverte, esquece dos problemas e se apaixona pelo resultado final. Seja fotografado por alguém, se dê essa chance de ser olhado de ângulos que você não consegue se ver, e descubra que você nem tem tanto medo assim da câmera. 



E posso dizer que a experiência pode ser melhor ainda se você não for a pessoa que editar essas fotos, se entregue nas mãos de alguém e deixe a pessoa fazer a leitura que ela tem de você. Coloque uma roupa confortável que diz mais por você sem dizer uma palavra, e se solte. Essa foto acima tem tanto de mim que me sinto um livro aberto: vestido rodado, Converse, câmera, cabelo colorido e pernas tortas. Prazer.



A foto não precisa ser perfeita e mais uma vez eu bato na tecla do "seja você", alguém de quem você se orgulha hoje, alguém de quem seu eu do passado se orgulharia, alguém de quem seu eu do futuro, ao olhar para trás, vai se orgulhar. A Ludimila de dez anos atrás jamais imaginaria uma coisa dessas por mais que ela fantasiasse ser uma cantora pop da Disney, ela abstraiu o fato de que cantoras pop são fotografadas por aí. Mas hoje se sente além de uma cantora pop que é "Miley na escola de dia, Hannah à noite no show", genuinamente, ela mesma.



Por mais que às vezes eu tente ser a pessoa que sai de madrugada, vira a noite em balada, bebe pra caramba, fala de sexo ou usa drogas, eu não sou essa pessoa. Eu passo serenidade, paz de espírito. Não consigo ficar perto dessas pessoas porque suas energias são muito pesadas. Eu acredito em energias. Esse azul nunca fez tanto sentido. Eu gosto de passar tranquilidade, ser um porto seguro, e não uma ponte que pode ruir a qualquer momento. Essa sou eu. 

E ser eu é melhor coisa que eu posso ser. Até mais, e obrigada pelos peixes.

2 Comentários

  1. Lindas fotos! Nunca fiz um "ensaio" desse tipo, nem deixo me fotografarem, acho horrível hahaha' A 6ª foto foi a que mais gostei, achei que passou muito de você nela, e ficou espontânea

    Bjs!
    31 de Março

    ResponderExcluir