Quando um ciclo se fecha parece que as coisas voltam aos eixos.

São quatro dias estranhos, talvez os quatro dias mais sombrios do mês. 

O primeiro é cheio de ansiedade, temor, você espera, espera, espera, e parece que nunca vem. Nada dá resultado. Nada acontece. É um estado de espera, de nada, que vai te deixando mais e mais ansiosa com tudo ao seu redor. Qualquer palavrinha é motivo para surtar. Você completa frases e situações por fim descobrir que estava na sua cabeça. Você quem se guardar, se esconder, tudo de deixa nervosa, e você fica nervosa por estar nervosa, é um ciclo sem fim. Tudo dói. 

No segundo dia vem a raiva, o rancor, o ódio. Tudo é mais intenso no dia dois. Se coisas boas acontecerem, elas serão intensas, se coisas ruins acontecerem, também serão, e as consequências são mais intensas ainda. Sua vontade é que a cada esquina tenha um saco de pancadas para que você possa descontar toda a sua raiva. Às vezes raiva do mundo, raiva de si mesma.

No terceiro dia vem o remorso de todo aquele ódio que você colocou pra fora. As coisas começam a esfriar, sua cabeça começa a esfriar, você percebe as coisas mais claramente, perdoa os outras, se perdoa, esquece o passado, segue em frente. 

No quarto dia as coisas voltaram ao normal, acabou. Você já pode respirar aliviada. 

No quinto você reflete sobre isso.

12 Comentários

  1. A minha começou hoje e meu deus, estou até com calor no tempo frio huaha.
    Meus sintomas de humor já começam 3 dias antes na tpm. Ontem eu estava impossível :c

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje por causa do remédio eu mal sinto a tpm, às vezes parece que ela vem junto com o primeiro dia, e nas outras nem aparece, mas minha cara amarrada pelos quatro dias me denuncia :P

      Excluir
    2. te indiquei aqui https://bruna-morgan.blogspot.com.br/2017/08/coisas-amorzinhas-que-li-esses-dias.html

      Excluir
  2. Exatamente como eu estava desde sexta. Sexta não descia, no sábado eu estava triste e briguei com a minha mãe, no domingo eu tinha que voltar pra casa pq dormi fora e estava triste por tudo que aconteceu, hoje eu estou mais calma e provavelmente amanhã eu irei refletir com calma sobre todos os acontecimentos.
    Lindo teu texto, que escrita cativante! Li em voz alta pro boy e rimos juntos. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É incrível como essas coisas se encaixam com nossos hormônios! E obrigada <3

      Excluir
  3. Tudo na vida são ciclos... E como vc mesma disse, tudo volta aos eixos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. "Você quem se guardar, se esconder, tudo de deixa nervosa, e você fica nervosa por estar nervosa, é um ciclo sem fim. Tudo dói."
    Muito eu no início da tpm. Tudo dói, tudo incomoda, tudo me deixa ansiosa, qualquer coisinha é motivo de choro. Tem dias que é impossível pensar com clareza. Então passa, vem a calma depois da tempestade.
    Obrigada por esse texto maravilhoso

    ResponderExcluir
  5. Assim mesmo que acontece! Num dia a gente está quase surtando, depois as coisas acontecem com intensidade demais... e aí tudo passa, e a vida volta aos eixos. Adorei o texto!

    ResponderExcluir